quinta-feira, 26 de abril de 2018

Ex-prefeito de Jussiape morre após sofrer queda da cama e bater a cabeça.

“Dio Barbudo” como foi carinhosamente chamado o ex caminhoneiro, Almir Silva Luz, ex-prefeito de Jussiape, morreu, aos 79 anos, na manhã desta quinta-feira (26/4), no Hospital São Vicente de Paulo em Vitória da Conquista.
Eleito prefeito em Jussiape no ano de 1989, governo o município até 1992.
Como legados, criou duas creches, além de pavimentar ruas importantes da cidade, obras de saneamento, investiu em políticas assistencialistas, entre outras realizações na gestão pública do município.
Segundo a família Dio teria sofrido uma queda da cama e atingindo a cabeça, o que levou o ex-prefeito a ficar em coma induzido por precauções médicas. No entanto, o quadro do ex-prefeito se agravou desde então, morreu em decorrência de um trauma craniano encefálico, após bater a cabeça, sofrendo um derrame. Sendo diagnosticado em seguida com falência múltipla de órgãos. Dio Barbudo havia ficado 14 dias entubado e sob efeito de medicamentos fortes, e morreu sem dor, informou a família do ex-prefeito, que deixou a esposa, a ex-primeira-dama Maria Telma Paiva Luz, cinco filhos e nove netos.
O Prefeito Municipal de Jussiape decretou feriado luto hoje e feriado amanhã.

PIATÃ - Nova creche aumenta vagas na educação infantil da sede


A culminância de um sonho agora concretizado, o aumento gradativo de vagas na educação infantil para os filhos das famílias que trabalham. 

O espaço não se resume a uma bela instalação, mas também a um compromisso da Prefeitura Municipal com a sociedade.
A Prefeitura de Piatã inaugurou, a creche que vem garantindo 133 vagas aos alunos da cidade. A unidade está localizada no Centro, na rua João Hipólito Rodrigues, ao lado do prédio do INSS e suprirá uma importante fatia no quesito de vagas escolares na educação infantil.
De acordo com a Secretaria de Educação, a unidade inaugurada foi projetada e construída para garantir a excelência no desenvolvimento educacional do município. O compromisso com a educação deve ser levado a sério. Tudo começa na primeira infância e é preciso garantir esse direito com comprometimento e responsabilidade. É preciso priorizar sempre a meta da excelência no atendimento às nossas crianças, futuros pais de famílias, trabalhadores e gestores de Piatã do amanhã”, enfatizou o representante da Secretaria Municipal de Educação.
A unidade, responsável por abrigar 133 vagas, teve um investimento próximo a R$ 1.250.000,00, atendendo o padrão FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), e conta com cinco salas de aula, fraldário, lactário, sala dos educadores, sala multiuso, espaços administrativos, lavanderia, área verde, pátio, refeitório, banheiros, inclusive acessível, além de espaço de recreação.
Na unidade estão sendo atendidos alunos do Berçário I (nascidos de abril de 2017 a data atual), Berçário II (nascidos de abril de 2016 a março de 2017), Berçário III (nascidos de abril de 2015 a março de 2016) e Maternal (nascidos de abril de 2014 a março de 2015).
De acordo com a diretora da creche a senhora Elizabete, “Essa é uma importante etapa para o cumprimento de um dos grandes compromissos do governo com a educação, no tocante a oferta de creches para as crianças”, disse. 
Outras três unidades estão previstas, de acordo com solicitação feita junto ao FDE, para Inúbia, Cabrália e Vaquejador.

BONINAL- Comemorou seu 56º aniversário e 14ª corrida de argolinha com sucesso absoluto.


A Prefeitura Municipal de Boninal ofereceu uma vasta programação a população em comemoração ao aniversário  da cidade.
As festividades iniciaram-se aconteceram no domingo (22/4) no inicio da manhã realizou-se a Cavalgada, que também passou a fazer parte da programação da festa, contou bonitos cavalos, cavaleiros e amazonas que desfilaram pelas ruas e avenidas da cidade, além é claro, da já tradicional Corrida de Argolinha que sempre acontece durante a programação do aniversario de Boninal e que mais uma vez alcançou sucesso absoluto.
A cidade de Boninal comemorou 56 anos de emancipação política administrativa e a 14°Festa de Argolinha. 
O domingo ia foi animado,  às 8 horas, iniciou a parte equestre, com a concentração dos Cavaleiros, às 10 horas Cavalgada, seguida do almoço e logo após inicio das inscrições e consecutivamente a corrida de argolinha.
A noite realizou-se a festa musical, com Ed Rossi, Mastruz com Leite, Nova estação da Bahia e Zaninho & Rodrigo, quem esteve lá danç
ou ou aplaudiu.
O evento teve inicio no domingo 22, mas só terminou na segunda feira dia 23 de abril, dia real do aniversario da cidade, o inicio da festa aconteceu um dia antes em virtude de os organizadores entendem que o final de semana é uma data acessível a todos.
Boninal nasceu de um ponto de pouso que primeiro foi chamado de Sumidouro, com o decorrer dos anos e com a chegada de famílias para ali residirem, formou-se muito rápido um aglomerado urbano que teve seu nome mudado para Guarani, tendo depois mudado para Boninal. acompanhe abaixo um breve relato sobre seu surgimento.
BREVE RELATO DA HISTÓRIA DE BONINAL
Em meados do século XIX, chegava por estas redondezas o ainda jovem José de Souza Guedes, vindo da cidade de Barra, na Bahia, para comerciar nas regiões das Lavras Diamantinas. Mas o lugar que ele mais gostou foi este, que naquele tempo tinha o nome de Freve.
Antigamente chamava-se Freve, devido ao movimento intenso de gente arranchada na beira do rio Cochó, e o vai e vem das tropas carregando mercadorias. Depois passou a chamar-se Sumidouro, pois este mesmo rio, em certo ponto desaparecia numa grande mata. No século XX, trocou o nome para Vila do Guarani. Na década de 1940 foi denominado de Boninal, que significa campo de Bonina (Mirabilis Jalapa), uma flor perfumada de beleza singular.
Tudo começou nos meados do século XVII, quando teve início a colonização da região, numa expansão descontrolada e silenciosa, fazendo chegar levas de homens imbuídos de ambição. Foram descobertas as grandes jazidas de ouro da serra de Santana e isto era o sinal de que ali deveria iniciar "um arraial", o que era feito com muita rapidez. 
No local escolhido, um planalto entre as serras da Tromba e Santana, foi construída a pequena igreja com paredes e portais em pedras lavradas e em torno dela o "arraial" foi surgindo, recebendo a denominação de Bom Jesus dos Limões. Assim conta o povo, foi surgindo o arraial mais antigo da região, atualmente Piatã, pertencente na época à localidade que hoje conhecemos como Rio de Contas.
No final do século XVII já era visível o progresso do arraial. O ouro da serra atraia cada vez mais os aventureiros, bandeirantes, que saiam de São Paulo e vinham em busca de riquezas. Juntando-se a tropeiros que vinham de todos os cantos, saíram em busca dos núcleos diamantíferos, a notícia da existência deles já havia se espalhado. Começaram a andar pelas margens do rio Cochó que em determinado ponto "sumia" formando um grande pântano. 
Local escolhido para a construção do arraial de Sumidouro, topônimo que permaneceu até 05 de junho de 1915, quando por força da Lei Estadual número 1078 o arraial foi elevado a categoria de Vila, recebendo o nome de Guarani, tendo sido governada por José de Souza Guedes. Vários intendentes que tinham mandato de dois anos a governaram, entre estes estão: Cândido Marques, Manoel Gonçalves de Araújo e Otacílio Paiva.
Com a decadência da "Febre do Ouro e do Diamante" o município de Guarani teve sua extinção através do Decreto Estadual 1947 de 08 de julho de 1931 que também determina que ele seja anexado a Bom Jesus dos Limões. O arraial Guarani, muda mais uma vez de nome, em 1944, passa a ser Boninal, devido ao fato de na região haver em abundância uma flor denominada Bonina.
Em 1961 foram tomadas as iniciativas para reestruturação do município de Boninal, que acabou por acontecer em 23 de abril de 1962 pela Lei Estadual número 1688, tendo a instalação ocorrido em 07 de abril de 1963, quando tomou posse o primeiro prefeito, Elísio Paiva, que governou ate 1967, de lá pra cá foram prefeitos: Edivaldo Marques Neves, Jose de Souza Pinto, Elisio Paiva, depois novamente Jose de Souza Pinto, Armênio Paiva, Eutrópio Pereira Rocha, Wilson Cunha,  dois mandatos seguidos de Ezequiel Paiva, Aurélio Fagundes de Souza, Raimundo Eudes Paiva,  Vitor Oliveira Paiva e atualmente Aurélio Fagundes des Souza em seu segundo mandato.

COOPERATIVA DE CAFES ESPECIAIS E AGROPECUÁRIA DE PIATÃ – COOPIATA

Assembléia Geral Ordinária

Pelo presente e nos Termos dos artigos 5° e 6° do Estatuto, convoco a Assembléia Geral da COOPERATIVA DE CAFES ESPECIAIS E AGROPECUARIA DE PIATA – COOPIATA, a realizar-se na sede social, localizada na Rua José Lisboa Xavier, n° 140, Centro, Piatã, no dia 06 de maio de 2018, às 09:00 horas, com a seguinte ordem do dia:
1- Prestação de Contas 
2- Discutir o Edital da CAR
3- Preparação da Colheita
Caso o horário indicado não tenha comparecido o número legal de associados, a Assembléia funcionará uma hora depois, de acordo com o estipulado no artigo 7° do Estatuto, com o número de presentes.

Piatã – BA, 19 de abril de 2018

Rodolfo Moreno ...
Presidente

terça-feira, 24 de abril de 2018

Presidente da Câmara de Piatã declara apoio ao deputado Erivelton Santana

Na sessão ordinária desta terça-feira, 24/04, o vereador Beto Bahia (PTB), presidente municipal de seu partido e atual Presidente da Câmara de Vereadores de Piatã, pela segunda vez consecutiva, no uso da palavra declarou apoio a candidatura do deputado federal Erivelton Santana .
O edil, disse vê o nome do Deputado Herivelto como uma grande opção para o eleitorado piataense, principalmente num momento tão desacreditado da politica brasileira, explanou dizendo que o deputado praticamente nunca teve votos em Piata, mas que soube agradecer os poucos votos que lhe foi dado pelos eleitores do município, “Um homem que teve 38 votos no município  e que transformou isso em um milhão e trezentos mil reais, para a construção de um novo hospital, é merecedor do meu voto e que eu faça campanha pra ele.” disse o presidente da casa legislativa.
O deputado Erivelto Santana esteve em Piatã no ultimo domingo acompanhado do prefeito de Brumado, quando se reuniu com o prefeito Edwilson de Piatã, secretários e vereadores da base aliada, o vereador Beto Bahia não esteve presente, mas ligou para Erivelton, falou de seu apoio e se desculpou pela sua ausência

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Professora "Silvinha" Morre na cidade de Piatã, aos 37 anos


A cidade de `Piatã, na Chapada Diamantina, amanheceu frio, nebuloso e triste, na porta da prefeitura a bandeira do Brasil estendida em meio mastro, foi a morte precoce da professora Edna Silvia Anjos Oliveira Cavalcante, 37 anos,  as duas horas da manhã desta quarta feira (11(4), após batalha contra um câncer.  Ela faleceu na em sua terra natal, na cidade de Piatã, ao lado de seus familiares. “Silvinha” como era carinhosamente tratada por todos, deixou os pais, o esposo, um filho de 2 aninhos, irmão, demais familiares, alunos e amigos, todos muitos tristes. O sepultamento aconteceu as 17 horas diante de muita comoção e tristeza. Agora somente saudades  lembranças. DEUS confortará todos os corações.


quarta-feira, 28 de março de 2018

NOTA DE PESAR


A Prefeitura Municipal de Boninal, através da Secretaria Municipal de Educação, vem a público manifestar em nome de toda a administração o mais profundo pesar pelo falecimento do aluno GUILHERME SANTANA TEIXEIRA, 14 anos, do 8º ano do Ensino Fundamental II, do Colégio Municipal do Cedro, no dia 08/03/2018.
Neste momento de dor, a Secretaria Municipal de Educação de Boninal, consternada, se solidariza com os pais, Volmar e Maria, professores, colegas e familiares que conviveram com GUILHERME.

                                                                       Boninal, 09 de março de 2018.



SÍLVIO AMARAL
Secretário Municipal de Educação